Ganhar Dinheiro Manassés Moraes

Como Montar um Negócio e Ganhar Dinheiro Pela Internet em 2016

Ganhar dinheiro pela internet em 2016 poderá ser um grande desafio, conforme a crise vai aumentando. Notícias indicam que ela vai continuar durante esse ano e os economistas dizem para cortar gastos em todos os lugares. Mas ninguém falou em cortar investimentos. Porque mesmo em tempos difíceis, investimentos são sempre bem vindos. Nesse artigo, veremos a fórmula simples para montar um negócio sustentável e duradouro e ganhar dinheiro pela internet.

Recomendo olhar os links espalhados pelo artigo, onde tem mais informações que complementam esse artigo.

2 Passos para Montar um Negócio e Ganhar Dinheiro Pela Internet em 2016

Sim, em apenas duas etapas, ou duas fases, vou te mostrar como montar um negócio pode ser simples. Mas não confunda simples com pouco trabalho, ok. É simples pra entender, mas da trabalho colocar em prática. E por isso, muitas pessoas desistem pois não suportam ter que trabalhar. Elas olham para a pilha de atividades que existem e devem ser feitas e dizem: “Ahhh não! Pensei que era mais fácil, isso não serve pra mim”. Claro que não serve pra você, seu preguiçoso! Mas ainda bem que você que esta lendo agora, não é assim. Neh?

E agora, já esta mais animado depois dessas palavras motivadoras? Então vamos ao que interessa 🙂

ganhar dinheiro pela internet em 2016

Passo 01: Sustentar uma Fonte de Tráfego

Nenhum negócio consegue sobreviver sem tráfego. Logo, conseguir tráfego deve ser a sua preocupação inicial. Muita gente, prefere investir em tráfego pago e para isso, deverão sempre continuar pagando se quiserem mais e mais tráfego. E alguns malucos como eu, gostam de tráfego orgânico, que são as pessoas que pesquisam no Google e encontram você, sem que você precise pagar pela visita delas.

A grande sacada NÃO É conseguir algum tráfego e montar uma lista de emails para depois se sustentar somente dessa lista. Pois toda lista, tem a tendência de comprar cada vez menos de você, conforme os meses vão se passando, ou seja, ela precisa de renovação constante. E é por isso, que você precisa de tráfego, que são, visitas que estão sempre chegando, visitas novas 24 horas por dia, 7 dias na semana e 12 meses no ano. Vamos conhecer algumas fontes de tráfego renováveis que tem o poder de lhe trazer visitas novas e fresquinhas o tempo todo!

Blog WordPress

Muitos reclamam dos blogs, dizem que são difíceis de trabalhar, dão muito trabalho e etc etc e etc. E essas desculpas impendem as pessoas de começar, fazendo com que elas permaneçam sempre na linha de partida, estaca zero. O que você precisa entender sobre os blogs, é que eles, quando bem trabalhados e estruturados, se tornam fontes de tráfego que nunca acaba. Eu mesmo, em 2007 criei um blog, escrevi alguns artigos e deixei ele parado por mais de 1 ano. E durante todo esse tempo o meu blog esteve recebendo visitas. Você consegue entender agora o potencial de um blog?

Esse mesmo blog que você esta lendo agora, poderia ficar sem ser atualizado por meses. E ainda assim, estaria recebendo visitas novas todo dia. Obviamente, quando um um blog não atualiza, após alguns meses ele começa a receber menos visitas, pois a moda vai mudando, a internet vai se atualizando e as palavras chaves vão perdendo a sua importância conforme as mudanças acontecem. Por exemplo; Quem escreveu um artigo sobre: Como ganhar dinheiro no orkut. Anos atrás, esse cara recebia muitas visitas, mas hoje, esse artigo não traz visita nenhuma.

O mesmo acontece para quem escreveu sobre empresas de marketing de rede, elas ficam fora de moda e começam a perder a popularidade, obviamente as buscas por essas empresas também despencam e seu artigo recebe cada vez menos visitas.

Mas o grande segredo pra ter um blog bem estruturado e transformá-lo em uma fonte de tráfego renovável, é justamente:

>> Usar a plataforma wordpress. Blogs wordpress são os melhores desde sempre. E tudo indica que irão continuar sendo incríveis. Por isso, não pense, vá de wordpress.

>> Escrever artigos de qualidade. Saber escrever é fundamental, pois a leitura precisa ser suave e tranquila, não importa se o artigo tem 300 palavras ou 3mil. O importante é o assunto que deve ser do interesse do leitor, e o conteúdo que deve entregar exatamente o que promete.

>> Usar técnicas para capturar contatos. Capturar contatos com o blog é uma forma de montar lista e fazer email marketing. E essa lista serve para fazer os leitores retornarem ao blog, esse retorno ajuda a aumentar a qualidade e autoridade do seu blog perante o Google.

>> Estudar um pouco sobre SEO. Para todo blogueiro, isso é fundamental, se não entender de SEO o seu blog não vai aparecer nas pesquisas. Você não precisa ser um especialista, mas precisa ter um conhecimento básico para não fazer besterias e infringir as regras do tio Google.

>> Ter paciência. Quando dizem que a paciência é uma virtude, eu acredito. Pois não é fácil ficar esperando. Mas precisamos dar tempo ao tempo, ao blog, ao Google e etc. Então, calma, não vá desistir faltando 100 metros pra chegar na praia.

Canal no Youtube

Outra fonte de tráfego, que eu canso de falar aqui, é ter um canal no Youtube. Por enquanto, esta muito fácil ranquear vídeos no Youtube. Mas poderá ser que daqui algum tempo, já não seja mais tão fácil assim. Quando você cria um canal, bem organizado e usando técnicas de posicionamento, rapidamente você cresce. E as coisas no Youtube, funcionam como bola de neve.

Após você ter um número bacana de inscritos, não precisa mais se preocupar com SEO, apenas poste vídeos com frequência e conteúdo de valor, que o canal vai continuar crescendo cada vez mais. Pois o próprio Youtube envia emails para uma parte dos seus assinantes avisando que chegou um novo vídeo e isso aumenta as suas visualizações, pois seus assinantes irão curtir seu vídeo logo quando ele é publicado e isso é o chamado efeito catapulta. Os alunos que colocam em prática nossas aulas, estão se dando bem. Click Aqui pra conhecer o treinamento Youtube Marketing.

Tráfego Pago com Facebook

Essa opção também é válida e considerada por muitos a melhor. Desde que você tenha certeza e segurança sobre como vai criar seus anúncios e para onde apontar. Mas a ideia é bastante simples, você cria anúncios no Facebook, que irão trazer visitas para uma página de conteúdo, ou página de aterragem, onde o seu conteúdo poderá ser texto e vídeo ou apenas texto. Porém, essa página não terá nenhuma distração, apenas links que apontam para sua página de captura e/ou links para outra página de conteúdo, porém essa segunda página já possui formulário de inscrição.

Esse procedimento é o mais correto para quem vai trabalhar com anúncios no Facebook, já que ficou praticamente proibido enviar visitas dos anúncios direto para uma página de captura, onde na maioria dos casos o seu anúncio acaba sendo reprovado pelo Facebook. E após alguns anúncios reprovados, sua conta é bloqueada.

O objetivo é criar vários anúncios que lhe funcionem bem, apontando para o público alvo certo, esses anúncios estão levando tráfego para suas páginas o tempo todo, o que vai resultar em contatos na sua lista, onde começa o trabalho de email marketing para gerar a venda.  Anunciantes profissionais, criam vários anúncios, fazem testes, filtram os melhores anúncios e colocam eles em piloto automático, para ficarem rodando por muito tempo enviando tráfego para suas campanhas, onde o pagamento desses anúncios também é feito automaticamente pelo cartão de crédito.

Como se trata de uma opção super bem avançada, não recomendo sob hipótese alguma, você se aventurar no Facebook sem ter conhecimento em Facebook ADS. Por isso, fica a dica de um treinamento que vai capacitar você para essa missão. Facebook Essencial 2.0

Seja lá qual for a fonte de tráfego que você vai escolher, é importante que ela seja bem trabalhada, para que funcione perfeitamente. Preocupe-se em fazer a sua fonte de tráfego funcionar, antes mesmo de começar a pensar em vender.

Passo 02: Criar um Info-Produto

Você pode começar a trabalhar com produtos de afiliados, na verdade, você DEVE começar com produtos de terceiros e ganhar comissões. Mas verifique o que sua audiência precisa realmente, verifique se o produto atende bem a necessidade deles. Procure identificar uma necessidade que os produtos de afiliados não conseguem cobrir. E dessa forma, você já terá a base para criar o seu próprio info-produto.

Trabalhar em casa como afiliado é muito bom. Mas atualmente, temos diversas plataformas de afiliação e muitos produtores que ficam pulando de uma para outra. Isso quebra nossa divulgação; Por causa disso, eu já tive que alterar mais de 1k de links nos meus artigos e esse retrabalho não aumenta os ganhos, apenas gasta nosso tempo.

Outro risco é quando o produtor resolve tirar o curso do ar por não conseguir dar suporte a todos ou qualquer outro motivo. Existe ainda a possibilidade do curso ficar desatualizado e não se encaixar tão bem assim para sua audiência. O ponto principal é que quando acontece qualquer uma dessas situações, você é quem perde comissões. Por isso, ter o seu próprio produto irá segurar as pontas quando você estiver passando por uma situação já citada acima.

Ferramentas que Você vai precisar para Criar o seu Próprio Info-Produto

Vou citar algumas ferramentas básicas que são necessárias para criação do seu info-produto. Digamos que você pretende criar um curso básico, pra começar, em vídeo aulas e vender a um preço super acessível, só pra pagar o almoço. Então você vai precisar:

  • Ter cadastro em uma plataforma de afiliação. Estou falando do Hotmart, Eduzz, Monetizze e similares. Essas plataformas fazem a intermediação entre produto/afiliado e principalmente entre produto/cliente. Por isso são importantes e você deve avaliar cada uma delas para decidir qual será melhor para cadastrar e divulgar o seu produto.
  • Domínio e hospedagem. Isso é óbvio, o seu info-produto estará disponível online para os alunos/clientes e por isso, ele precisará de um domínio e uma hospedagem. Normalmente, muitos produtores que começaram como afiliados, usam um subdomínio do próprio blog para criar o seu produto e compartilham a mesma hospedagem do blog com o produto. Nesse caso, você não pode ter uma hospedagem fraca!
  • Ter uma área de membros. Alguns temas mega profissionais como o Optimize Press, já possui esse recurso de área de membros e vários outros. Existe também a Super Plataforma que traz o pacote completo em área e membros, blog e todo tipo de páginas de venda, captura, hangout e etc.
  • Software de gravação e edição de vídeos e Serviço de Hospedagem de Vídeos. O melhor software para gravação e edição de vídeos, na minha humilde opinião, é o Camtasia, fácil de usar e ótimo para editar suas vídeo aulas, nesse artigo falamos mais sobre ele. E quanto a hospedagem, vá de Vimeo. Nenhum produtor precavido, irá colocar suas vídeo aulas no Youtube, que podem ser facilmente baixadas e compartilhas pela rede, mesmo em modo “não listado”.
  • Ferramenta de Criação de Páginas. E pra finalizar, você vai precisar criar no mínimo uma página de venda. E caso não utilize a Super Plataforma que já vem esse recurso de criação de páginas, você poderá contratar o serviço da G Digital ou Lead Pages.

 

E então, já esta pronto pra começar? Se ficou alguma dúvida, deixe seu comentário abaixo. Você também pode fazer o download desse artigo em PDF para usar como passo a passo e orientação se quiser. Click aqui.

Sobre o autor | Website

Empreendedorismo digital não é apenas obter uma renda extra, mas é um estilo de vida onde seu negócio trabalha pra você online. Uma forma simples, honesta e divertida de viver. Nesse blog, pretendo ensinar um pouco do sei sobre como ganhar dinheiro pela internet.

Ebook Gratis! 3 Dicas Secretas pra Ganhar Dinheiro na Internet

100% livre de spam.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

6 Comentários

  1. André disse:

    Como vai Manassés ?

    Ótimas dicas para quem deseja começar a ganhar dinheiro na internet em 2016.
    Confesso que tem alguns pontos em seu artigo que eu preciso “bater forte”, como a parte do YouTube.
    A Ideia de criar um Infoproduto é algo que ainda estou estudando, mas creio que será o próximo passo!

    Como sempre suas dicas são ótimas meu amigo!

    Grande Abraço e Sucesso!

    View Comment
  2. Bom dia, agradecido pelas excelentes dicas que vc vem passando ao longo deste 6 meses próximos passados. Bom, sei que vc usa o template WP conversion do Rebelo, porém não sei como colocar estes “VOCÊ VAI GOSTAR TAMBÉM” desta maneira que vc colocou que fica muito lindo. Eu usava um pluguim que não lembro qual mas não ficava tão legal. Caso possa, me informe como ou qual pluguim. Também estou com dificuldade, mesmo vendo o vídeo do Rabelo, como fazer aquela faixa que tem lá no topo para captar e-mail através do brinde do e-book. Agradeço antecipadamente e parabéns pelo bom trabalho que você vem desenvolvendo dando conteúdo sem ficar querendo vender o tempo todo assim como alguns.Um abraço

    View Comment
    • Oi Airtom.

      Obrigado pelo carinho querido. Embora eu tenha muito que aprender.
      A função de artigos relacionados ao final de cada post, já vem com o tema.
      Isso você pode habilitar lá nas opções de configuração do tema.
      Tanto o ConversionWp como o Centive que estou usando agora, possuem essa função.

      Tem também um plubin chamado Related Post, e nas configurações do plugin você pode escrever
      o que quiser para apresentar os posts relacionados.

      Um abraço, seja sempre um sucesso!

      View Comment
  3. Edmundo disse:

    Ola Manasses.
    Suas dicas são excelentes não só para iniciantes, mas tambem pra nos que já estamos no mercado a um bom tempo.

    View Comment
  4. Olá Manassés Moraes, tenho um blog desde 2013 e venho seguindo o script deste artigo que está muito completo. O conteúdo do blog é sobre finanças pessoais e educação financeira com dicas sobre como ganhar, economizar, investir dinheiro e sair do vermelho.

    Caso queira dar uma conferida, o blog é Resenha Virtual

    Abraços e Sucesso!!!

    View Comment